Carroceiros: foco de degradação humana e social

Os problemas nas cidades grandes e capitais do país gerados por carroceiros e a cavalaria vão além dos maus tratos em diversos graus aos animais, mas também, a danos ao meio ambiente e problemas urbanos.

Atualmente, as ONG´s e órgãos públicos concentram suas atenções em apenas conscientizar os donos de equinos e muares sobre o tratamento adequado que esses animais devem receber. O que já representa um grande desafio insolúvel. Porém, outro agravante maior está no próprio serviço prestado por este tipo de categoria.

Geralmente cidadãos quando fazem pequenas reformas suas casas contratam este tipo de serviço por ser mais barato e mais acessível às classes mais baixas da sociedade, sem considerar a responsabilidade social de cada um.

Os dejetos são jogados nos becos, fins de ruas, terrenos baldios, margens dos córregos e rios, causando grandes problemas sóio-ambientais.

Outro agravante são os constantes maus tratos aos animais. Geralmente a maioria das pessoas tratam os animais de forma cruel, não se importanto com o sofrimento e as necessidades dos animais.

É comum ver animais amarrados pelos pés nas ruas das periferias, amarrados com cordas curtas em terrenos baldios, lixões e outros lugares impróprios aos bichos.

Vez ou outra é motivo do noticiário da TV e os especialistas denunciam constante e intesamente que os animais possuem lesões ósseas e musculares, problemas mais comuns.

A pobreza e condições desumanas que vivem os carroceiros são suficientes para chamar a atenção das autoridades.

A SOCIEDADE NÃO PODE CONVIVER COM OS PROBLEMAS CAUSADOS DESNECESSARIAMENTE PELOS CARROCEIROS. AS AUTORIDADES PRECISAM DECRETAR URGENTEMENTE O FIM DOS ANIMAIS NA CIDADE.

Carroceiros: foco de degradação humana e social
ShortURL: http://jar.io/?p=537

About swami

Jário estudou Física, Pedagogia, Gestão Ambiental, Contabilidade e Análises Clínicas. Ativista pelo direitos dos animais é Mestre de Yoga, escritor, praticante de artes marciais, um amante da astronomia, fotografia e bonsais. Sintetiza seu estilo de vida como: - Minha doutrina pessoal inicia e termina no fogo, que é a consciência. Minha fé inicia e termina no Self, que é o Espírito. A Natureza é meu atanor.