Lei proibe cobras nos EUA

Esta semana os Estados Unidos proibiram a importação de quatro espécies diferentes de cobras que representam uma ameaça para a vida selvagem local. À medida ainda que limitada e tacanha, aponta para a solução de muitos problemas ambientais nas regiões singulares.
vegetação caatinga,fauna caatinga, preservação da caatinga, cobras importação,cobras exportação
A exemplo disto, quanto já foi devastado da flora e vegetação da caatinga, do cerrado, da amazônia, do pantanal, simplesmente por não haver leis que proíbam definitivamente o mercado de animais regionais.

Além de prejudicar a fauna e flora local de origem, prejudicam gravemente o equilíbrio das regiões de destino, mas este não é o agravante maior – o maior agravante no comércio com animais são o isolamento de entidades de suas comunidades, causando dor e sofrimento as criaturas capturadas ou reproduzidas em cativeiro.

O caso específico nos EUA, a lei proíbe formalmente a importação e o transporte entre estados das cobras originadas na birmânia, da áfrica e um tipo de cobra amarela. Isto porque tais espécies de cobras foram consideradas “daninhas para a vida selvagem” nos habitats do Estado da Flórida.

A proibição tem como objetivo de impedir a introdução destas cobras na natureza, e pessoas que as possuem como animais de estimação não serão afetadas.

Lei proibe cobras nos EUA
ShortURL: http://jar.io/?p=892