Mil vezes amor

Você desce assim se enroscando em mim,
silenciosamente provocando brumas de êxtases,
apagando toda escuridão,
etereamente a sibilar no coração.

Inspirando artistas em mim,
mil vezes amor, serpente do eden, lucifer, luz dos eons

por que me expõe assim?

Não vá ainda meu Amor,
Vou pintar o céu com seu azul,
Recitar poesias sobre o verde do mar,

Semear violetas colhidas do jardim do éden,
Ladrilhar o chão com o ouro do faraó

E por fim vou me perder nos seus caprichos de amor.

Mil vezes amor
ShortURL: http://jar.io/?p=3280