Nas terras de São Paulo

De última hora decidi passar um tempo no interior de São Paulo para verificar certas coisas. Do aeroporto de Guarulhos segui para o interior do Estado em direção aos lindos paraísos nas serras.

centro de sao paulo, indigenas sao paulo, tupãFoi também uma boa oportunidade que eu tive para conhecer a terra dos índios que ali viveram sob as bençãos de Tupã antes da chegada dos europeus ao continente.

Conforme está escrito na obra Kybalion – “o que está em cima é igual ao que está embaixo“, seguindo as regras deste adagio, entrar em terras de sociedades formadas é o mesmo que entrar na consciência coletiva das mesmas. Assim, conhecer sua história e símbolos.

Durante toda minha estada na região, longe da tecnologia e hábitos desta cultura midiática, fui acolhido carinhosamente pelo “grande Índio” no Céu. Vi sua presença paterna e amorosa, protegendo e cuidando das pessoas que moram ou estão temporariamente na região.

Quando o invisível não salta aos olhos, é fácil percerber os paraísos instalados nas lindas e convidativas montanhas e florestas da região, bem como a presença palpável do grande Anfitrião sempre majestosamente atento.

O povo paulino excede as expectativas em cordialidade, civilidade e imponência. Palavras mágicas tais como: por favor, com licença, agradecido etc, quase em desuso atualmente, são usadas largamente todo o tempo pelos paulinos, apontando seu claro interesse no estabelecimento de uma fraternidade humana.

são paulo, viagem a são paulo,viajar para são paulo,indios são paulo

Ao subir as serras nas estradas cheias de pedágios (Governo corrupto safado!), depara-se com cidades sempre bonitas, organizadas, com suas comidas saborosas que dá a impressão que as pessoas as faziam, empregando arte e amor.

Ainda tive a oportunidade de passar meu último dia na capital do Estado, hospedaram-me próximo a Ipiranga com a São João. Dali, numa curta caminhada pode-se apreciar as muitas praças, prédios numa salada mista arquitetônica que vai do neo-clássico ao art nouveau.

Se as mães paulistas deram uma educação esmerada para suas crianças, parece que os pais se esqueceram de sua parte. Para que outras cidades não digam que eu só teci elogios a São Paulo, devo dizer que pouca coisa é mais desagradável que as cenas dantescas que presenciei na Capital.

Após extasiar nos paraísos instalados por lá, deparar com cenas infernais de viados e lésbicas depravadas se beijando, acariciando e se atracando em público, é um choque terrível na frequência vibratória em que a alma se encontra. A consciência perde a noção de realidade e mergulha instantaneamente num pesadelo infernal de ilusão. Será que essas pessoas não sabem por que existem o puteiro e o motel?

De qualquer forma, estou de volta ao planalto central, trazendo no meu coração as melhores impressões dos lugares onde estive, e das várias experiências no espírito que vivi.

[ssg-superb-slideshow=sp=550=400=5000=500=0=NO]

Nas terras de São Paulo
ShortURL: http://jar.io/?p=3463