Plutão Regência Planetária Resumo

Plutão Regência Planetária Resumo. Tradicionalmente, Plutão rege o mundo subterrâneo e o que não pode ser visto (inclusive os mundos desconhecidos dentro de você, seu ser submerso ou subconsciente). Também representa todos os processos de cópia, como a impressão e a reprodução fotográfica. Plutão governa as massas, o desperdício, a subversão, o poder atômico e o crime.

Rege as fobias e as obsessões, o crescimento lento, os fatores grupais, a transmutação, os começos e os fins, a morte e o renascimento, o isolamento, a coerção, o desaparecimento, o seqüestro, o anonimato, as bactérias e os vírus. Representa a geração, a regeneração e a degeneração. Expõe o que se desenvolveu em segredo ou sob disfarce. Governa os lugares vazios, os encanamentos, as ditaduras, as causas populares e aquilo que é exclusivo. A ação de Plutão é lenta, grave e inevitável. E o último dos planetas transcendentais e é considerado uma oitava superior de Marte. O posicionamento de Plutão no mapa mostra onde você vai encontrar a complexidade; é onde vai ter de resolver os problemas sozinho e sem ajuda.

A Terra está sempre em exata oposição ao Sol por signo, grau e colocação na Casa. Mostra como e onde você encontra o mundo. Relaciona-se com o plano físico e os assuntos mundanos. Representa a sua missão na vida.

Plutão rege Escórpião.

Referência: MARION D. MARCH & JOAN McEVERS. Curso básico de astrologia
Deseja compartilhar este artigo? Grato. Whatsapp   Telegram       Blogger   Tumblr