Cor Verde na Cromoterapia

A cor verde na cromoterapia é uma das mais importantes cores pois seu raio de influência está associado as curas. O verde é a cor da cura. Não é atoa que a maioria dos hospitais e centros de saúde terem trocado a famosa cor branca, pela curativa cor verde.

O uso da Cor Verde Cromoterapia

O verde fisicamente tem propriedades de limpeza, de renovação, de vida, assim como o verde da natureza. É na época que se tem mais vida que o verde está mais forte. O verde é uma cor de recuperação e de rejuvenescimento. É uma cor anti-séptica e desinfetante

Como na seiva das plantas, o verde atua sobre o sangue através dos éteres ou corpo vital. Auxiliando o processo de purificação e limpeza em vários níveis do ser.

Curiosamente o verde está associada a fé no nível mais profundo, a verdade e a Paz. É a cor oficial do Islã.

O verde representa as riquezas, a solidez, a durabilidade, a esperança. É também a cor do dinheiro. O dinheiro é apelidado em vários idioma como significado de verde tais como green (verde), verdinhas, etc.

Passes na Cor Verde Cromoterapia

Sobre a região afetada dar passes circulares levogiros. A técnica consiste em com a mão esquerda aberta e levantada ao ombro, usar a mão direita a 5 cm de distância, aplicar os passes sobre a região que se deseja aplicar o verde curativo.

Imposição de mãos com a Cor Verde Cromoterapia

Sobre a região afetada, após as preliminares do Espírito Santo, de olhos fechados, pés separados, impor as duas mãos canalizando a energia divina curativa.

Meditação com a Cor Verde Cromoterapia

Sente-se confortavelmente, ou deite em decúbito dorsal (abdômen para cima), faça as preliminares conforme as orientações na nossa apostila do curso, então inicie visualizando (vendo) a cor verde atuando no seu corpo físico, iniciando da ponta dos pés até a cabeça.

Visualize a força verde atuando nas células, nos espaços entre os átomos do corpo. Deixe a Luz espiritual atuar, contemple sem interferir por uns instantes.

Deixe a criatividade fluir.

Deseja compartilhar este artigo? Grato. Whatsapp   Telegram       Blogger   Tumblr