Meditar é fácil

Como meditar. Como fazer meditação. Aqui publico algumas dicas preliminares para você fazer meditação. Meditar é interiorizar a mente mergulhando nos estados ou planos de consciência que os graus de manifestação de nossa presença neste mundo.

Cada vez a mente entra em sintonia com estes estados de consciência, ela experimenta e conhece à realidade daquele plano, também, por essa sintonia é possível conhecer ou vivenciar às realidades dos mundo existenciais equivalentes ao plano de energia experimentado. Por exemplo, uma parte desse mundo material que vivemos, é o mundo etério, a parte energética deste mundo físico ou natural. Nesse mundo, existem seres sem corpos orgânicos que coexistem com este conhecido “mundo dos vivos” biológico e celular.

Então, não vamos à técnica propriamente dita, mas sim, as preliminares que levam ao êxito de uma meditação eficiente.

Treinando a mente para meditação

  1. Coloque um ponto a uma distância de 2 a 3 metros a sua frente, e por quinze minutos, concentre seu olhar, sem piscar nesse objeto, que pode ser, um ponto de 0.5 cm de diâmetro, ou um objeto nessa proporção. Faça este exercícios todos os dias até conseguir dominar a técnica, ou seja, ficar sem piscar por esse tempo.

  2. Antes de dormir, sente-se na cama, e relembre todo seu dia, voltando à lembrança do momento em que sentou-se na cama até o momento em que se levantou de manhã. Procure, um jeito de lembrar voltando para trás sem divagar, distância das conjecturas emocionais. Faça isso, num tempo marcado, em no máximo 20 minutos.

  3. Durante o dia, faça o exercício primeiro, por um minuto focando em coisas e imagens pequenas na mesma distancia.

Até as próximas dicas.

Os Chakras

Os chakras refletem suas atividades na aura, bem como na qualidade da energia kundalini ou kundalini shakti.

Os 7 chakras

Os principais são os 7 chakras, refletindo no septenário da natureza espiritual das coisas deste mundo: 7 cores, 7 dias da semana, 7 planetas antigos, 7 corpos, 7 raças, 7 notas musicais etc.

Chakras e Cores

As cores dos chakras são considerado na pictografia espiritual como pétala do chakras, pois o chakra é simbolizado pela flor de lótus, assim como na tradição mística ocidental a rosa simboliza. Cada chakra tem uma cor predominante e é composto de pétalas que são as cores de sua vibração.

alinhar os chakras, usa-se as cores acima da região onde está localizado

A cor dos chakras

A cor fundamental do chakra está relacionada com sua frequência vibratória, ou grau de vibração, afetando o estado de consciência da pessoa. As cores são apenas simbólicas na maioria das vezes não coincide com a realidade tal como a seguir:

O chakra básico a cor associada é VERMELHO.

O chakra vital a cor associada é LARANJA.

O chakra umbilical a cor associada é AMARELO.

O chakra cardíaco a cor associada é VERDE.

O chakra laríngueo a cor associada é AZUL.

O chakra frontal a cor associada é INDIGO.

O chakra coronário a cor assoicada a cor é VIOLETA.

Leia estes artigos sobre: 1. Os sete chakras, 2. Meditação com Adoração 3. Amor amor que Luz é esta? O fogo serpentino

Alinhar chakras

Quando se deseja alinhar os chakras do corpo astral, usa-se as cores acima da região onde está localizado o chakra no corpo, para retomar sua frequência fundamental e assim reestruturar o campo energético ou as auras da pessoa.

Aplica-se uma luz forte filtrada por um cristal, ou a pedra do chakra, por alguns segundo a uma distância de 10 cm sobre a região do chakra.

Também mentaliza-se as cores fundamentais no chakra para despertar sua energia afetando a aura da pessoa. Após alguns minutos de mentalização da cor a aura fica mais viva e colorida.

Leia também artigos semelhantes noutros sites

 

Chacras e Nosso Equilíbrio Emocional e Físico Correio Brasiliense: Vai uma mãozinha aí? WIKIPEDIA – Chakras Revista Quem: Lambuse-se

 

Este artigo foi herdado do meu blog antigo. O conteúdo foi readaptado e modificado em 06.outubro.2017, Rio de Janeiro -RJ

Meditação Kundalini

O elemento principal para despertar a kundalini, o fogo serpentino ou fogo luciferino, é a respiração. Usar a respiração (pranayamas) correta e precisa é fundamental para sucesso.

Cada pessoa possui um rítmo respiratório próprio, de modo geral, inicialmente, deve alterar este ritmo intensificando, aumentando a frequência até atingir os primeiros êxtases (samadhis), após reduzir treinar os músculos a ponto de reduzir a zero. USE A LEI DA RESSONÂNCIA A SEU FAVOR.

O segundo elemento importante para despertar a kundalini com sucesso, é a prática de mantra. Conhecer e identificar o bija (som, nota fundamental) correto dos eteres nas células nervosas é o passo para o sucesso absoluto na prática da kundalini rumo aos samadhis maiores.

Após relaxar sente-se confortavemente e pratique o seguinte pranayma

O terceiro e mais importante elemento é a visualização do processo. Desejar é ver, ver é realizar. Porém, a vizualização deve ser acompanhada dos elementos anteriores.

Exercícios Básicos para despertar a Kundalini

Os exercícios aqui envolvem vizualização e respiração, os demais elementos não citados neste artigos aparecerão automaticamente com a prática.

Exercícios sobre os chakras

Aplique em cada chakra o exercício. Após relaxar sente-se confortavemente e pratique o seguinte pranayma:

– Pensando na região do chakra (local), INSPIRE lentamente até encher os pulmões, segure o ar até não aguentar mais, enquanto prende a respiração CONCENTRE SOBRE O CHAKRA. Mande energia para o local, mande o sangue para o local, vizualize um jato de energia densificando sobre o local, deixe sua criatividade solta, ela é o seu mestre. EXPIRE o mais lento que puder até os pulmõe ficarem totalmente vazios, não respire e segure o máximo que puder.

Repita o ciclo pelo menos umas cinco vezes , ou quantas vezes aguentar.

Deite e relaxe. Abaixe o RITMO RESPIRATÓRIO O MAIS RÁPIDO QUE PUDER. Não fique ofegante por mais de 5 respirações.

Enquanto relaxa, sinta a região pulsando. Deixe a imagem do chakra formar na sua mente. Deixe o som (bija) aparecer na sua mente, deixe as cores formarem na sua cabeça. Quando aparecer, intensifique este som vizualizando cada vez mais forte e mais intenso, o mesmo para cor, veja-a cada vez mais intensa e forte. Deixe a criatividade livre.

Faça estes exercicios todos os dias quantas vezes por dia consegui lembrar, quanto mais fizer mais rápido, os resultados vão aparecer.

ATENÇÃO: Quando se fala em samadhis e êxtases, a maiora das pessoas acreditam que isto é para mestres e grandes yogis, colocando-se em stand by. Acredite no seu potencial, crie sua necessidade, imponha sua situação, agindo assim, você alçará este objetivo.

Este artigo foi herdado do meu blog antigo. O conteúdo foi readaptado e modificado em 06.outubro.2017, Rio de Janeiro -RJ

Yoga Metafísica

Esta obra foi construída para ser prática, objetiva e direta. O material foi escrito para ser estudado e aplicado, durante a escrita, prezei pela qualidade das informações, bem como, esforcei em evitar sofismas e conteúdos prolixos, muito comuns nas obras sobre o assunto. Tudo que foi escrito aqui é baseado na experiência e comprovação dos resultados do próprio autor, assim como também por yogis realizados

Download

Este artigo foi herdado do meu blog antigo. O conteúdo foi readaptado e modificado em 06.outubro.2017, Rio de Janeiro -RJ

Raja Yoga

A Raja Yoga é uma técnica superior de yoga cujo próposito é manipular voluntária e conscientemente as energias siderais, naturais e psíquicas.

É uma técnica antiga, porém pouco difundida, geralmente é interpretada pelos leigos como uma técnica de meditação. Também é associada aos textos atribuídos a Patanjali e alguns textos do vedanta.

Contudo, foi por causa deste clichê que a yoga de modo geral ainda hoje é associada à meditação. Ao se vê uma pessoa na posição de lótus, a pessoa logo pensa – está fazendo yoga.

O Mahatama Dattatreya foi o maior expoente do Vedanta Adwaita e também grande difusor desta técnica de yoga. 

Técnicas tais como Laya Yoga, Suddha Yoga, Yoga dos tibetanos, Siddha Yoga, Kundalini Yoga, Kriya Yoga etc, são métodos de Raja Yoga miscigenados com outras técnicas, o ocidente possui uma vasta tradição hérmetica ****que pode ser considerada técnicas de  Raja Yoga.

Este autor que vos escreve, através de suas investigações na memória da Natureza, acredita que o Mahatma Dattatreya e Swami Pachandasi (Yogue Ramacharaka) são continuidade do mesmo Ego encarnando e difundindo a yoga no mundo através dos séculos.